A ELO Sistemas Eletrônicos comunica que devido a falta de componentes eletrônicos produzidos na Ásia,
onde algumas fábricas estão com seus processos produtivos reduzidos ou com suas fábricas paradas por
causa da propagação do coronavírus, estará revendo seus cronogramas de entregas de medidores
eletrônicos.

É importante ressaltar e reforçar que com a crise mundial do coronavírus, toda a cadeia produtiva de
componentes e produtos eletrônicos e especificamente a nossa linha de produtos que são os medidores
eletrônicos de energia elétrica, onde 70% dos componentes são importados e vindos da Ásia é impactada
diretamente, o que está provocando atrasos e não entregas nas datas acertadas com nossos
fornecedores/parceiros, pois parte da importação desses componentes é marítima, e segundo informações
dos nossos fornecedores/parceiros, 90% dos componentes passam pelo porto de Wuhan, epicentro do
novo coronavírus. Por esse motivo as cargas marítimas que deveriam ser encaminhadas para o Brasil não
têm previsão de chegar e as cargas que recebemos via área estamos utilizando para os lotes atuais de
março/2020.

Vejam que o cenário se repete também nas metalúrgicas, indústrias metal-mecânicas, têxtil, de material
elétrico entre outras da região, onde 90% dos insumos também vêm da Ásia, especificamente da China.
Segundo levantamento realizado pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), 57%
das fabricantes de eletroeletrônicos e de tecnologia da informação já apresentam problemas no
recebimento de componentes.
As indústrias da região do Rio Grande do Sul e sindicatos de trabalhadores estão se reunindo para
encontrar uma solução sem custos extras, caso precisem interromper a produção, exemplo ocorre também
no Estado do Amazonas

O Banco Central enfatiza que as próximas duas semanas permitirão uma avaliação mais precisa dos efeitos
do surto de coronavírus na trajetória prospectiva de inflação no horizonte relevante de política monetária.
Desta forma a ELO vem buscando outros mercados de importação, aonde já é possível dimensionar o
impacto financeiro no custo da matéria prima, proporcionando aumento significativo na importação, e
ainda não estamos considerando a variação cambial devido ao impacto do vírus na moeda americana.
Por fim, estaremos encaminhando a nova programação de entrega para análise e sugestões.
Atenciosamente,

Diretoria

COMUNICADO ELO_Desdobramento Coronavírus em 04.03.2020

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *