Informativos Técnicos

IT- 046/99 - Versões de programa do ELO.521

046/99 - ELO.521 – Exibição em Pulso

Neste Informativo Técnico estão descritas as implementações, melhorias e correções das versões de programas operacionais dos equipamentos ELO.521 – modelos Pulso e Grandeza - para execução do registro de dados de medição para faturamento de energia elétrica.

A leitura atenta e total deste informativo é muito importante.

Procure manter este Informativo Técnico junto de outros documentos técnicos relacionados com o equipamento.

Mantenha o seu equipamento atualizado. Para obter versões atuais, procure na opção Download.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

REVISÕES DE PROGRAMA OPERACIONAL

Versão 05.01

Correções

- Melhoramento do tratamento dos dados da memória de massa na volta de energia.

Versão 05.02

Correções

- Novas correções no tratamento da memória de massa.

Versão 05.03

Correções

- Reestruturada a formatação da saída de usuário de acordo com a documentação do CODI.

Versão 05.04

Implementações

- Implementado o funcionamento da saída de usuário e comunicação com UCR simultaneamente. Nas versões anteriores de hardware do MEMP, esta versão funcionará normalmente, prevalecendo a comunicação com UCR como prioridade.
- Implementação do pulso de aferição no software:
- O equipamento entra em aferição quando for colocado no mostrador um dos três códigos de aferição: C1 (aferição do canal 1), C2 (aferição do canal 2) ou C3 (aferição do canal 3).
- O acesso aos códigos de aferição é feito somente com o mostrador no modo rápido (manter o botão do mostrador pressionado). Os códigos C1, C2 e C3 aparecem nesta sequência, logo após o código de consistência (código 99). Ao surgir o código do canal de aferição desejado, solta-se o botão do mostrador e este permanecerá bloqueado e exibindo o contador de pulsos de aferição do canal correspondente.
- Uma vez em aferição (mostrador bloqueado no código C1, C2 ou C3), a cada nove pulsos na entrada do canal correspondente, um pulso, de duração mínima de 80 ms, será dado na saída óptica.
- Quando o equipamento está em aferição, não é possível efetuar-se uma reposição de demanda por botão.
- Para sair do modo aferição, basta desbloquear o mostrador dos códigos de aferição do mostrador.
- Se quando em aferição for iniciada uma comunicação via entrada óptica (Leitora Convencional), o equipamento sai de aferição automaticamente (o mostrador é desbloqueado e a varredura é reinicializada pelo código 01).
- A memória de massa do MEMP passa a ter capacidade de 37 dias, 13 horas e 20 minutos.

Versão 05.05

Implementações

- Implementada a opção de exibição de grandezas no display.

Correções

- Passa a sinalizar corretamente na saída de usuário quando for parametrizada Tarifa Irrigante.
- Correção na rotina que faz com que o intervalo reativo anterior à reposição automática de demanda fosse computado.

Versão 05.06

Correções

- Corrigido o comando de Alteração na Condição de Visualização dos Códigos do Mostrador (comando 79 da Leitora).
- Corrigido a rotina de alteração na condição de ano bissexto do ano 2000.
- Correção na rotina em que os códigos adicionais do canal 2 (cód. 34, 36, 38, 40, 41, 43, 45, 60, 61, 62, 63 e 64) passam a mostrar grandezas (anteriormente os códigos só mostravam em pulsos).

Versão 05.07

Correções

- Alterada a rotina dos cálculos de UFER e DMCR para melhorar a precisão. As variáveis foram multiplicadas por 256 para que o erro introduzido pelos arredondamentos fossem desprezíveis. O valor limite do numerador das constantes dos canais é 3900, caso contrárioo gera o ERRO 46 (Alteração de Parâmetros Inválida).
- A condição inicial (default) de exibição passa a ser em grandeza. Para visualizar os códigos do mostrador em pulso, deve-se manter pressionado o botão do mostrador.
- Reimplementada a apresentação dos códigos de aferição (nas versões anteriores os mesmos foram retirados).
- Correção na rotina de contagem dos pulsos reversos do canal 2.

Versão 05.08

Correções

- A condição inicial (default) de exibição passa a ser em pulso. Para visualizar os códigos do mostrador em grandeza, deve-se manter pressionado o botão do mostrador.

Versão 05.09

Implementações

- Alterado o algoritmo de cálculo de DMCR e UFER, substituindo-se a constante dos canais pela constante “ELOHORA”, evitando erros de arredondamento.
- Passam a ser totalizados nos registradores do medidor apenas os pulsos diretos no segmento reativo indutivo e pulsos reversos no segmento reativo capacitivo para buscar coerência entre a Memória de Massa e a Memória de Trabalho.
- Quando ocorrerem pulsos diretos nos segmentos reativo capacitivo e pulsos reversos nos segmentos reativo indutivo, é gravado na Memória de Massa do medidor zero pulsos.
- Após uma fatura, o mostrador do medidor começa mostrando o código 01 (data).
- A Memória de Massa do MEMP passa a Ter, no máximo, 43 dias, 13 horas e 20 minutos.

Correções

- Corrigida a fatura automática do dia 29 de fevereiro em anos bissextos.
- Quando a Tarifa de Reativos (comando 67) era definida como “Indutivo o dia todo” ou “Capacitivo o dia todo”, o registrador errava na totalização de UFER, apresentando valores incoerentes com os da Memória de Massa.
- Quando eram utilizados postos horários da forma HH:MM, onde MM representa quaisquer minutos diferentes de 00,e ocorria troca de posto pela passagem de sexta-feira para Sábado, o medidor fechava os intervalos reativos a cada hora cheia (00min).

A partir desta versão o intervalo reativo é fechado de forma sincronizada com o último posto assumido antes da troca de dia.

Exemplo

Ponta = 17h30min
Fora Ponta = 20h30min e 06h30min
Reservado = 22h30min
Segmentos horários nos sábados, domingos e feriados = Fora Ponta

O medidor irá fechar os intervalos reativos cada HH:30min, sendo que na passagem de sexta-feira para sábado os intervalos compreendidos entre 23h30min a 00h00min (reservado) e 00h00min a 00h30min (fora ponta) serão desprezados, pois não constituem um valor reativo completo.
Erros Conhecidos
- A ocorrência de falta de energia antes da meia-noite de sexta-feira e cujo retorno ocorra em sábados entre 00h00min e 00hMMmin (onde MM representa qualque rvalor diferente de 00), causa a validação do intervalo reativo compreendido entre 23hMMmin da sexta e 00hMMmin do Sábado, podendo levar a um erro no cálculo da UFER.
- Após um fechamento de fatura pode ocorrer que a indicação de posto reativo “c” ou indutivo “L” se mantenha igual, mesmo que o posto reativo programado tenha mudado.

Versão 05.10

Implementações

- Implementado o comando 90 – Alteração do Modo de Apresentação de Grandezas no Display. As grandezas podem ser apresentadas da seguinte forma:

Totalizadores de consumo: 6 dígitos em grandeza ou kilograndeza
6 dígitos em pulsos
Demandas de energia: 6 dígitos em kilograndeza (0, 1, 2 ou 3 casas decimais)
6 dígitos em pulsos

- A forma de apresentação dos totalizadores de consumo e demanda devem ser iguais, isto é, se o consumo for em grandeza ou kilograndeza, a demanda deve ser obrigatoriamente em kilograndeza (com n casas decimais).
- O comando 80 só pode ser fornecido com a máquina não inicializada. Após a inicialização, a máquina responde com “Comando não implementado”.
- A condição inicial (default) da máquina é apresentar pulsos em 6 dígitos.

Correções

- Corrigida a ressincronização de horário quando os postos diários são programados com horários não cheios, na passagem de domingo para segunda.
- Corrigida a falha no sincronismo do intervalo reativo quando o equipamento era inicializado em sábados, domingos e feriados com postos horários não cheios. Faltas de energia nestes dias durante o período de fechamento de intervalo não ocasionam mais problemas.
- Corrigida a operação simultânea da saída de alta isolação (saída de usuário) e comunicação serial.
- Melhorada a performance da saída de usuário.
- Corrigida a falha no sincronismo do intervalo reativo para os casos de fatura com alteração de hora. Nas revisões anteriores, o intervalo reativo, no qual ocorria a fatura com alteração de hora, era tarifado junto ao intervalo reativo imediatamente após a fatura, podendo levar a valores errados de DMCR e UFER. A partir desta revisão o intervalo reativo, no qual ocorre a fatura com alteração de hora, é desprezado para efeitos de tarifação.
Erros Conhecidos
- Apesar da correção na fatura com alteração de hora descrita acima, a ocorrência de uma fatura deste tipo programando-se a nova hora para 00h 00min de um sábado, Domingo ou feriando e estiverem sendo utilizados postos horários não cheios, leva a um erro no sincronismo dos intervalos de reativo até a troca de posto
seguinte.
- Falha no sincronismo do intervalo reativo quando o equipamento era programado com posto horários “quebrados”, horário de verão entrando ou saindo em passagem de dias em que era necessária a operação de resincronização, e ocorria falta de energia nesta passagem. Apesar de permanecer como “Erro conhecido” observa-se que a entrada e saída do horário de verão deve ser programada para ocorrer a meia-noite de um sábado, quando então não é necessária a operação de resincronismo.
- Na condição de saída do horário de verão na qual ocorra também uma troca de posto e ocorra um falta de energia durante esta passagem o equipamento gera um intervalo a mais na MM, causando uma leitura na qual os dados encontran-se deslocados no tempo. Apesar de permanecer como “Erro conhecido”, observa-se que a saída do horário de verão deve ser programada para ocorrer a meia-noite de um sábado, e que normalmente não ocorre troca de posto na passagem de sábado para domingo.
- A ocorrência de faltas de energia na virada do dia anterior ao dia do inicio do horário de verão, e que comecem após as 23h 50min e terminem após a meia-noite geram um erro no número de palavras da Memória de Massa do equipamento.

O número de palavras da MM assume o seu valor máximo e como consequência todas as operações de Verificação e Reposição de Demanda passam a entregar o número máximo de blocos da MM, tal qual uma operação de Verificação Total, entretando estes dados não são confiáveis pois se encontram deslocados temporalmente e podem, inclusive, nao pertencer a leitura atual. As operações de Recuperação de Demanda se comportam como se a MM já houvesse virado, ié., não fornece a MM do equipamento.

Cabe resaltar que após uma operação de Reposição de Demanda o equipamento recomeça a contagem do número de palavras (o número de palavras é reinicializado), voltando a registrar corretamente os
dados em sua MM.

Versão 05.11

Correções

- O comando de Postos Universais (comando 92) é desabilitado.
- Passa a não enviar os parâmetros extendidos (bloco 80).

Versão 05.12

Implementações

- Passa a poder registrar, desde que ativada a tarifa de reativos, pulsos reativo-indutivo no canal 2 e reativo-capacitivo no canal 3. Quando isto acontecer, o código 94 do mostrador (visualização da tensão da fase A) fica permanentemente inibido. Caso este código for ativado por comando, é exibido um valor incoerente.
- Passa a reconhecer a constante do canal 2 sempre igual a do canal 1. Quando o canal 3 for parametrizado para reativo capacitivo, sua constante passa a ser análoga do canal 1.
- As grandezas iniciais (default) dos canais 1, 2 e 3 são respectivamente: Wh, varh+ e Vh.
- Retirados comandos de visualização dos códigos 34 a 46.
- Habilitado o comando 66 (alteração das grandezas dos canais) permitindo somente para os canais 1, 2 e 3, respectivamente: Wh, varh+-, vh e Wh, varl, varc.
- Corrigido o problema do medidor responder alteração inválida (erro 45) se for feita uma leitura no período de proteção de fatura.
- Caso seja feita uma alteração de grandezas na Tarifa de Reativos, estas serão atualizadas não só nos parâmetros de reativos como também nos parâmetros comuns. Neste caso, o código 31 (totalizador geral do canal 3) do mostrador não é mais dividido por 100.
Correções
- Correção do problema da Saída de Usuário, onde os contadores de pulsos eram zerados quando havia uma conexão ou desconexão de uma UCR.

Versão 05.13

Correções

- Correção do problema que acontecia com uma falta e volta de energia dentro dos últimos 5 minutos do ano de 1999.

ELO.521 – Exibição em Grandeza Ssecundária, com Formato Pré-Definido

Versão 25.11

Correções

- O comando de Postos Universais (comando 92) é mantido.
- A exibição é sempre de grandezas no mostrador, K grandeza e Demanda com 2 casas após a vírgula.
- Parâmetros extendidos (bloco 80) mantidos.

Versão 25.12

Implementações

- Passa a poder registrar, desde que ativada a tarifa de reativos, pulsos reativo-indutivo no canal 2 e reativo-capacitivo no canal 3. Quando isto acontecer, o código 94 do mostrador (visualização da tensão da fase A) fica permanentemente inibido. Caso este código for ativado por comando, é exibido um valor incoerente.
- Passa a reconhecer a constante do canal 2 sempre igual a do canal 1. Quando o canal 3 for parametrizado para reativo capacitivo, sua constante passa a ser análoga do canal 1.
- As grandezas iniciaIs (default) dos canais 1, 2 e 3 são respectivamente: Wh, varh+ e Vh.
- Retirados comandos de visualização dos códigos 34 a 46.
- Habilitado o comando 66 (alteração das grandezas dos canais) permitindo somente para os canais 1, 2 e 3, respectivamente: Wh, varh+-, vh e Wh, varl, varc.
- Corrigido o problema do medidor responder alteração inválida (erro 45) se for feita uma leitura no período de proteção de fatura.
- Caso seja feita uma alteração de grandezas na Tarifa de Reativos, estas serão atualizadas não só nos parâmetros de reativos como também nos parâmetros comuns. Neste caso, o código 31 (totalizador geral do canal 3) do mostrador não é mais dividido por 100.

Correções

- Correção do problema da Saída de Usuário, onde os contadores de pulsos eram zerados quando havia uma conexão ou desconexão de uma UCR.

Versão 25.13

Correções

- Correção do problema que ocorria quando uma falta e volta de energia dentro dos últimos 5 minutos do ano de 1999.

ELO.521 – Exibição em Grandeza Secundária

 

Versão 29.11

Correções

- O comando de Postos Universais (comando 92) é desabilitado.
- Passa a não enviar os parâmetros extendidos (bloco 80).

 

Versão 29.12

Correções

- Correção do problema da Saída de Usuário, onde os contadores de pulsos eram zerados quando havia uma conexão ou desconexão de uma UCR.
Implementações
- Passa a poder registrar, desde que ativada a tarifa de reativos, pulsos reativo-indutivo no canal 2 e reativo-capacitivo no canal 3. Quando isto acontecer, o código 94 do mostrador (visualização da tensão da fase A) fica permanentemente inibido. Caso este código for ativado por comando, é exibido um valor incoerente.
- Passa a reconhecer a constante do canal 2 sempre igual a do canal 1. Quando o canal 3 for parametrizado para reativo capacitivo, sua constante passa a ser análoga do canal 1.
- As grandezas iniciais (default) dos canais 1, 2 e 3 são respectivamente: Wh, varh+ e Vh.
- Retirados comandos de visualização dos códigos 34 a 46.
- Habilitado o comando 66 (alteração das grandezas dos canais) permitindo somente para os canais 1, 2 e 3, respectivamente: Wh, varh+-, vh e Wh, varl, varc.
- Corrigido o problema do medidor responder alteração inválida (erro 45) se for feita uma leitura no período de proteção de fatura.
- Caso seja feita uma alteração de grandezas na Tarifa de Reativos, estas serão atualizadas não só nos parâmetros de reativos como também nos parâmetros comuns. Neste caso, o código 31 (totalizador geral do canal 3) do mostrador não é mais dividido por 100.

Versão 29.13

Correções

- Correção do problema que acontecia com uma falta e volta de energia dentro dos últimos 5 minutos do ano de 1999.

FALTA IMAGEM