Os transformadores em geral apresentam perdas de potência quando estão em funcionamento, these perdas são no copper and no ferro de sua estrutura. Como perdas no cobre ocorrem devido ao aquecimento das bobinas, onde parte da energia is disipada na forma de calor, como perdas no ferro ocorrem devido a histerese magnética e corrente parasitas no ferro.

A instalação de um sistema de medição de energia ao lado do primário de um transformador de potência é mais dispendiosa que a instalação no secundário, logo a instalação da medição de energia  no enrolamento de baixa tensão do transformador se torna menos dispendiosa. Desta forma, com classe de isolamento mais baixa o seu custo torna-se menor. Contudo, para estimar a medição de energia ao lado do primário é necessário estimar as perdas dos transformadores para adicionar ou subtraí-las, conforme o caso.

O medidor ELO2183 possui um algoritmo para estimar essas perdas, o qual é composto a partir dos dados coletados na placa do transformador e de dados oriundo de ensaio de rotina (perdas no cobre, perdas no ferro e a correte de excitação). O relatório técnico que valida o algoritmo de compensação de perdas do medidor ELO2183 foi emitido pelo CEPEL (DTD 15312/2017), o qual descreve os ensaios realizados para verificar o desemprenho do algoritmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *